• Rogério Ferreira Machado

Escrevendo Sobre: MEDO



Segundo o Dicionário Aurélio, medo é o “sentimento de grande inquietação ante a noção de um perigo real ou imaginário”. Esse sentimento é algo intrínseco no ser humano, está no seu coração e na sua mente, faz parte de sua vida. Todos, em menor ou maior escala, têm medo.


Às vezes o medo é de coisas ou situações. Outras vezes, o que amedronta são pessoas. O ser humano tem medo do passado (que o assombra), medo do futuro (por ser incerto), e do presente (por não ter domínio da situação como um todo). Só para exemplificar, transcrevo um pedacinho de uma música do compositor e cantor Belchior, Pequeno Mapa do Tempo, cuja letra diz o seguinte: “Eu tenho medo de abrir a porta que dá pro sertão da minha solidão... Eu tenho medo e já aconteceu. Eu tenho medo e ainda está por vir... Medo, medo, medo, medo, medo, medo”.


Olhando para esta letra, para o que as pessoas comentam e suas reações, podemos afirmar que o que não falta são razões para se ter medo. Medo do desemprego, da doença, da solidão, de amar, de assalto ou roubo e da morte. Tudo parece causar medo ao ser humano.


Por que isso acontece! Por que tanto medo! A resposta é: o medo faz parte da natureza humana, assim como a esperança. Mas, ao contrário da esperança, que é a expectativa de algo bom, o medo é um sentimento ruim que muitas vezes aprisiona, escraviza e causa apatia. Por isso a Bíblia adverte: para o fato de que “o medo produz tormento” - 1ª Epístola de João 4:18. Mas, a Bíblia também responde ao temor e medo do ser humano com uma mensagem de esperança. Repetidamente encontramos na Bíblia a expressão, vinda da parte do Senhor nosso Deus: Não temas! Essa expressão, e suas variantes: não tenha medo, não te espantes, etc., aparece na Bíblia 365 vezes, uma para cada dia do ano.


Como exemplo, cito dois textos bíblicos, nos Evangelhos segundo Mateus 1:18 a 25 e Lucas 1:5 a 38 e 2:8 a 20, onde encontramos a mensagem do nascimento de Cristo Jesus. Essa mensagem trouxe medo para Zacarias, Maria, José e aos pastores. E, para cada um encontramos a expressão: Não Temas. Não temas Zacarias! (Lucas 1:13). Não temas Maria! (Lucas 1:30). Não temas José! (Mateus 1:18 a 20. E, não temas pastores (Lucas 2:10).


Quando olhamos atentamente para os textos citados, mais especificamente no que diz respeito a José, aprendemos algumas lições práticas, tais como: Não devemos ter medo: 1- Quando as coisas parecem inexplicáveis. 2- Quando não compreendemos todos os fatos. 3- Quando somos assolados pela angústia mental. 4- Quanto ao “fracasso”.


José ficou com medo porque concluiu que Maria tinha sido infiel. E, enquanto José se preocupava, cheio de medo, Deus já havia traçado um plano maravilhoso para a sua vida. José estava com medo, mas em Maria estava se cumprindo a profecia bíblica de que uma virgem daria à luz ao Messias (Isaías 7:14). Os temores de José só enxergavam tragédia, mas Deus estava cumprindo uma profecia messiânica e envolvendo-o no cumprimento.


Assim como José, muitas vezes julgamos as coisas de forma precipitada, fazemos juízo temerário e sofremos por causa disso. Precisamos aprender que só Deus conhece todas as coisas. Por isso: Não temas!


Como escrevi acima, a expressão Não Temas e suas variantes, aparece na Bíblia 365 vezes, uma para cada dia do ano. Por isso, não temas o passado, o presente ou o futuro. Não temas coisas, pessoas ou situações. Você não precisa temer nem mesmo a morte, pois Jesus Cristo garante que quem crer n’Ele “ainda que morra viverá; ...o que crê em mim não morrerá eternamente” – Evangelho de João 11:25 e 26.


Uma pergunta: Sobre que assunto de sua vida Deus precisa lhe dizer: “Não tenha medo”? Você precisa saber que Deus é poderoso para encontrar você também em seus medos como ele encontrou José e transformar suas angústias em motivo de celebração. Lance sobre o Senhor todas as suas ansiedades e medos e Ele cuidará de você, conforme 1ª Epístola de Pedro 5:7.



Publicado em 23/03/2019 no jornal Gazeta Bragantina e GB Norte.


6 visualizações
Funcionamento da Secretaria:
2ª à 6ª das 13h às 17h
Telefone: (11)2277-3707
secretaria@boasnovasigrejabatista.com

Igreja Batista Boas Novas Bragança Paulista | Copyright© 2017 - Todos os direitos reservados