• Rogério Ferreira Machado

Escrevendo Sobre: Bom Humor



“O bom humor é, antes de tudo, a expressão de que o corpo está bem. Ele depende de fatores físicos e culturais e varia de acordo com a personalidade e a formação de cada um. Mas, mesmo sendo o resultado de uma combinação de ingredientes, pode ser ajudado com uma visão otimista do mundo. “Um indivíduo bem-humorado sofre menos porque produz mais endorfina, um hormônio que relaxa”, diz o clínico geral Antônio Carlos Lopes, da Universidade Federal de São Paulo. Mais do que isso: a endorfina aumenta a tendência de ter bom humor. Ou seja, quanto mais bem-humorado você está, maior o seu bem-estar e, consequentemente, mais bem-humorado você fica. A endorfina também controla a pressão sanguínea, melhora o sono e o desempenho sexual” – (Revista Super Interessante no155).


Nos Estados Unidos, pesquisas científicas comprovaram que bom humor faz bem à saúde, e que atividades prazerosas fortalecem o sistema imunológico. Por outro lado, estresse e mau humor aumentam as possibilidades de infarto. Por isso, a comunidade científica americana “está convencida de que o estado de espírito conta pontos valiosos para o tratamento de pacientes”. A tese, de que o estado de espírito ajuda no tratamento de pacientes, é sustentada pela hematologista Esther Stemberg, do National Institute of Mental Health, em Matyland – USA. Ela é autora de um livro que coloca, de forma clara e com comprovações científicas, a conexão entre cérebro, sistema imunológico e emoções.


Já a medicina chinesa faz relação entre corpo e emoções mostrando o que o excesso ou deficiência de sentimentos podem causar. Por exemplo: A dificuldade de controlar a raiva pode causar enjoos, dor de cabeça e cãibras, enquanto que a angústia não controlada pode gerar depressão e problemas respiratórios como sinusite, rinite e asma. E mais, a reflexão excessiva pode causar gastrite, úlcera e problemas digestivos, enquanto que o medo pode gerar a síndrome do pânico, impotência sexual e incontinência urinária. Os pensamentos em Cristo Jesus" – Carta do Apóstolo Paulo aos Filipenses 4:4 a 7.


Já a medicina chinesa faz relação entre corpo e emoções mostrando o que o excesso ou deficiência de sentimentos podem causar. Por exemplo: A dificuldade de controlar a raiva pode causar enjoos, dor de cabeça e cãibras, enquanto que a angústia não controlada pode gerar depressão e problemas respiratórios como sinusite, rinite e asma. E mais, a reflexão excessiva pode causar gastrite, úlcera e problemas digestivos, enquanto que o medo pode gerar a síndrome do pânico, impotência sexual e incontinência urinária.os pensamentos em Cristo Jesus" – Carta do Apóstolo Paulo aos Filipenses 4:4 a 7.


A alegria é um bom sentimento, mas a alegria verdadeira vem do Senhor e ela nos motiva a prosseguir confiantemente, com equilíbrio, na certeza de que Deus ouve as orações de seus filhos. Essa confiança em Deus traz como resultado a paz que guarda mentes e corações. Mas, Paulo ainda nos exorta a ocupar nossa mente com pensamentos saudáveis “...tudo o que é verdadeiro, nobre, correto, puro, amável e de boa fama... nisso pensai” – Filipenses 4:8. E, o que é mais saudável, verdadeiro e puro do que pensar em Cristo Jesus, que nos chama para um relacionamento real com ele? O que é mais saudável do que ter um compromisso de fé em Cristo, que dá paz e acalma corações, além da vida eterna para todo que nele crê?...


Confiança em Cristo Jesus e Bom Humor, essa é a receita para uma vida saudável.



Publicado em 23/02/2019 no jornal Gazeta Bragantina e GB Norte.


8 visualizações
Funcionamento da Secretaria:
2ª à 6ª das 13h às 17h
Telefone: (11)2277-3707
secretaria@boasnovasigrejabatista.com

Igreja Batista Boas Novas Bragança Paulista | Copyright© 2017 - Todos os direitos reservados